Conectar-se

Esqueci minha senha

Buscar
 
 

Resultados por:
 

 


Rechercher Busca avançada

Social bookmarking

Social bookmarking digg  Social bookmarking delicious  Social bookmarking reddit  Social bookmarking stumbleupon  Social bookmarking slashdot  Social bookmarking yahoo  Social bookmarking google  Social bookmarking blogmarks  Social bookmarking live      

Conservar e compartilhar o endereço de Jeep Renegade Clube em seu site de social bookmarking

Parceiros
Fórum grátis


Degradação do diesel e o biodiesel

Ir em baixo

Degradação do diesel e o biodiesel

Mensagem por jeb em 29/11/2017, 09:38

Pessoal

Tomei contato com o produto Actioil A550 ha algumas semanas atrás. Isso me fez buscar mais sobre o assunto e questão intimamente ligado ao biodiesel.

Me parece que o produto possui inúmeras vantagens e a que mais me chamou a atenção é a conservação do Diesel no tanque, principalmente o S10. Existem alguns estudos que mostram que o biodiesel é ótimo para a natureza, mas péssimo para o motor, pois é um combustível, digamos "vivo". O tempo de validade do S10 é de 30 dias, mas isso desde quando é produzido. Ou seja, quando abastecemos o diesel pode estar "velho" e isso muda completamente a performance e durabilidade de bomas e bicos, além do filtro de combustível.

Por isso que devemos sempre abastecer em postos que tem um alto fluxo de caminhões, justamente para se ter a rotatividade do combustível (sempre novo) e, claro, caminhoneiro em geral sabe onde estão os postos mais confiáveis.

Aqui segue um ótimo texto esclarecedor sobre o assunto:

http://www.oficinabrasil.com.br/noticia/reparador-diesel/degradacao-do-oleo-diesel-com-baixos-teores-de-enxofre-s500-e-s10-causas-e-solucoes


Amostras de Diesel S10 B7 limpo quando sai da refinaria (foto 4) e degradado ao longo da cadeia de distribuição (foto 5) e S500 B7 limpo (foto 6) e degradado (foto 7). S500 é o diesel "comum".

A seguir, um artigo científico que apresentou estudos da contaminação por proliferação de bactérias chamadas de borra. Este trabalho teve como objetivo analisar a oscilação de rotação de um motor, utilizando diferentes tipos de diesel, e também apresentar uma forma eficaz de realizar o tratamento o diesel:

Estudo para redução de variação de rotação e tratamento do diesel s-500 aplicando o aditivo actioil a550

Um mestrado nesta área: Estudo da degradação térmica do óleo e biodiesel de gergelim preto (sesamum indicum l.) e nabo forrageiro (raphanus sativus l.) por técnicas espectroscópicas

Longe de fazer propaganda e promessas (não sou garoto propaganda e nem trabalho na área), meu objetivo aqui é relatar o uso real do produto no Renegade Diesel. O fato é que comprei o Actioil A550 e fiz uma aplicação hoje, conforme consta nas instruções. Com o tempo vou relatando os resultados.

Essa questão da degradação explica, para mim, alguns comportamentos do RN diesel. Por exemplo, logo quando eu abasteço, percebo que o rendimento é melhor... como o RN é econômico, já chegou situações de eu ficar sem abastecer por 3 semanas.... é nítida a queda de rendimento. Ou seja, uma possibilidade é de que o combustível esteja "turvo", "semi-contaminado" e aí.....

O fato é que carro diesel precisa rodar, senão o combustível envelhece e causará danos e custos ao proprietário.

J.

_________________
Sport Diesel 16 + P. Safety + TPMS + Michelin LTX
Sport Flex 17 + P. Safety + iTPMS (da Chefa)
avatar
jeb

Mensagens : 626
Pontos : 779
Reputação : 79
Data de inscrição : 10/11/2015
Idade : 39
Localização : São Carlos/SP
Modelo do Carro : Sport Diesel

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Degradação do diesel e o biodiesel

Mensagem por hermespires em 29/11/2017, 10:17

Essa preocupação deve existir, também, quanto à gasolina.
Especialmente nos chamados tanquinhos de partida a frio, para os modelos que ainda os têm.
Em locais mais quentes, acredito que o combustível nunca é utilizado e, se porventura for, é possível que ocorra até meses depois.
A Honda, na época que tinha o tanquinho, usava essa gasolina sempre, independentemente da temperatura, para evitar o envelhecimento do combustível.
Também pode ocorrer nos carros que fazem o chamado "ciclo da dona de casa". São carros que normalmente são o segundo ou terceiro veículo da família, e somente são utilizados em determinadas datas e para trajetos curtos, como uma padaria, um supermercado ou buscar um filho no colégio quando o transporte escolar não vai.
A solução imediata é abastecer pouco mais de um quarto do tanque se não houver previsão de utilização por longos trajetos.
O problema é que nosso combustível, ultimamente, tem subido quase toda semana, o que leva muita gente a encher o tanque para aproveitar um preço menor

hermespires

Mensagens : 566
Pontos : 669
Reputação : 81
Data de inscrição : 28/08/2015
Idade : 40
Localização : jaboatão dos Guararapes Pernambuco
Modelo do Carro : Limited Flex Branco Teto Panorâmico 2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum